Gatos & Companhia

Gatos | Gatinhos | Gatões

‘Comportamentos’

Factos e Mitos Acerca dos Gatos

- O gato ronrona porque está contente.

Falso
Certos gatos em sofrimento também ronronam. O ronronar indica uma disposição social amigável e pode ser dado como sinal para, por ex., um gato veterano, informando que certo gato com problemas tem necessidade de amizade, ou pode constituir um sinal para o dono, exprimindo o agradecimento pela amizade obtida. O ronronar traduz um comportamento infantil. Os gatinhos ronronam a partir da primeira semana de vida e isso indica à mãe que tudo está bem com a sua prole. Já nos gatos adultos isso traduz uma certa dependência do contacto entre os donos e os gatos.

- Os gatos arranham o sofá por puro prazer.

Verdadeiro
O gato arranha a superfície que ele entende que lhe dá oportunidade de eliminar as unhas velhas, renovando as garras. Também o faz para marcar território, colocando aí “marcas de cheiro” imperceptíveis aos nossos precários narizes, visto que os felinos possuem glândulas odoríficas na parte inferior das patinhas. Quanto mais o gato usa essa superfície, mais é atraído a ela, pois possui o seu cheiro. O gato também arranha como forma de exercício, espreguiçando-se. Leia Mais »

Agressividade dos Gatos em Filhotes

A agressividade nos filhotes, geralmente é sob a forma de “brincar”.
Essa agressividade, normalmente, é dirigida para os pais e irmãos de ninhada.
Se o gatinho morde com força, ele irá receber a mesma mordida de volta, e os irmãos podem parar de brincar com ele, como forma de punição.
A brincadeira dos filhotes, é também como um treino para caça, envolvendo ataques surpresas. Na vida selvagem, saber caçar significa sobreviver.
Os ataques dos filhotes envolvem morder e arranhar. Leia Mais »

O Comportamento dos Gatos

Os gatos não são disciplinados da mesma forma que os cães. Os cães formam uma hierarquia social, que o homem usa para adestrá-lo, tornando-se o líder do cão.
Gatos foram grupos sociais apenas em caso de necessidade e esse grupo respeita territórios e não um chefe.
Não bata no seu gato ou use outra punição física qualquer, você apenas o estará ensinando a temê-lo.
Como os gatos detestam serem surpreendidos, use objectos que produzam barulho. A repreensão só funciona se for feita na hora que ele está tendo o comportamento inadequado, depois não adianta, ele não saberá o porquê.
Outro método, é empurrar a cabeça do gato, com a palma da mão. Não bata, apenas empurre sua cabeça com gentileza, mas dizendo um não firme. Leia Mais »